Compartilhar um apartamento é a melhor opção para quem vem fazer vida de estudante na Espanha. Além de economizar em alojamento, você tem a possibilidade de dividir a moraria com pessoas de outros países e enriquecer-se culturalmente. Também é muito comum esta atividade em toda a Europa.

O processo de busca de quarto na Espanha

Você deve procurar o quanto antes para conseguir os melhores quartos pelos melhores preços. Lembre-se de que o ano letivo na Espanha começa em setembro e se você esperar até lá para começar a procurar correrá o risco de ficar com opções menos interessantes.

Estes sites são úteis para encontrar quartos na Espanha:

Easypiso.com

Pisocompartido.com

Nuroa.es

AreaEstudiantis.com

Aluni.net

Você também pode consultar a bolsa de vivienda joven que as universidades e os municípios costumam ter para os estudantes. Assim como, você pode consultar os anúncios nos jornais especializados ou nos murais do campus, cafeterias, ou inclusive nos pontos de ônibus e grupos virtuais do próprio local onde estudas, os alunos colocam anúncios e avisos de disponibilidades de quartos para alugar.

Observe se se trata do aviso de alguma agência imobiliária, pois elas requerem que você entregue um mês de fiança e um mês de honorários.

Consulte os preços dos quartos na Espanha

No geral os preços variam, mas o gasto médio nacional por um quarto é de aproximadamente uns 300 euros mensais até 500 euros mensais, alguns aluguéis já estão incluídos no valor os gastos em comum, gás, luz, internet e água, tenha em conta este acréscimo ao preço final do aluguel. Os preço variam de cidade para cidade, este são preços de grandes cidades. ( Madrid, Barcelona e Valência).

Na hora de medir a qualidade/preço do quarto, convém que você considere a localização do apartamento; se ele se corresponde com a Ley de Arrendamientos Urbanos; qual a distância até o campus; a distância da estação de metrô ou ponto de ônibus mais próximos; o tamanho do quarto; o tipo de cama; o estado das zonas de uso comum; os preços da região e as suas necessidades econômicas.

Cuidado com os golpes

Tenha cuidado porque existe a possibilidade de sofrer un golpe; por isso, opte pelos meios confiáveis, visite o apartamento, fale com os vizinhos e comprove que tudo esteja correto antes de tomar uma decisão.

Não confie nos anúncios sem foto e nunca alugue sem antes ter visto o lugar. Muitas vezes as imagens não são recentes, ou os ambientes podem parecer maiores do que realmente são. Peça um inventário antes de assinar o contrato, comprove que tudo funciona e está limpo.

Os colegas de apartamento

Isto é fundamental, e você deve prestar muita atenção nisso, já que você vai passar muito tempo com os seus colegas de apartamento. Uma dica: imagine quais são as qualidades que você procura em um companheiro e tente ver se são pessoas que vivem de maneira similar a você, se tem atitudes similares no que se refere à limpeza, à alimentação e às atividades.

Você também pode filtrar a sua escolha por sexo. É uma escolha muito pessoal, mas talvez você se sinta mais cômodo morando só com homens ou só com mulheres. Convém que vocês se encontrem para tomar um café com o possível ou possíveis companheiros de apê. Diga o que você pensa, o que você quer e ficará muito claro se vocês são compatíveis ou não.

A repartição de tarefas pode ser complicada, mas você pode organizar conforme for passando o tempo, inclusive para que você possa se adaptar à nova situação.

Existem aplicativos bastante úteis na hora de compor uma tabela de tarefas, como SplitwiseBillr ou Settle Up.

Assine sempre um contrato

Não entregue nenhuma fiança ou mensalidade antes de assinar um contrato onde se estipulem claramente os parâmetros do aluguel, a duração e as responsabilidades, tanto do inquilino como do arrendatário. Garanta possuir um comprovante de renda onde se estabeleça que o caseiro (com a sua assinatura e o DNI) recebeu a quantidade que vocês pactaram pela mensalidade do aluguel.

Com relação à duração, a ley de Arrendamientos permite alugar por um período mínimo de três a cinco anos.

Sobre a fiança, o Real Decreto Ley estabelece que só é possível que o caseiro cobre, no máximo, duas mensalidades, exceto se são contratos de aluguel de longa duração.

Se você deixar o quarto antes do previsto você deverá comunicar ao caseiro pelo menos dois meses antes.

Lembre-se de que o caseiro é o responsável de que as coisas quebrem, exceto o que se desgasta com o uso, como, por exemplo, as lâmpadas. Elas são responsabilidade do inquilino. 

Os gastos de comunidad (o condomínio) são obrigação do caseiro, a menos que isto tenha sido estabelecido expressamente no contrato.

Essas dicas são simples e funcionam se você tiver bom-senso e focar de maneira racional na sua procura. Informe-se e não guarde com você nenhuma dúvida, reserve tempo e dedique-se a algo te poderá influenciar na sua tranquilidade enquanto estiver morando na Espanha.

Você quer estudar na Espanha? Veja estes posts podem te ajudar!

Por favor faça comentários