A homologação é um processo longo e demorado, você pode começar a homologar seus estudos antes de vir morar na Espanha.

Em média o período de uma homologação é de 1 anos e meio à 2 anos.

Uma vez homologado seu diploma você pode exercer sua profissão em território espanhol. A homologação de um título estrangeiro a um título espanhol que permita o acesso a uma profissão regulamentada, implicará a possibilidade de exercer a profissão regulamentada em causa nas mesmas condições que os titulares dos títulos espanhóis habilitados para esse exercício.

Antes de começar a homologar seu diploma você precisa saber quais são os títulos que podem ser homologados, listados na imagem abaixo.

Antes de homologar seu diploma é muito importante saber que irão te pedir o nível de espanhol através do DELE ( Diplomas de Español como Lengua Extranjera)

Você pode se obter mais informações no site do Cervantes sobre datas, e convocatórias https://examenes.cervantes.es/es

Ao final do procedimento, o Diploma expedido no Brasil terá os mesmos efeitos que um Diploma espanhol, e o Diplomado terá todos os direitos que possui uma pessoa diplomada na Espanha.

Para outras universidade é necessário apenas fazer a equivalência, um processo mais rápido e simples. O processo de homologação é mais demorado que o da equivalência

Passos a serem seguidos para a homologação

IMPORTANTE: Todos os documentos fornecidos devem ser oficiais e expedidos pelos órgãos competentes para o efeito, de acordo com o ordenamento jurídico do país em questão.

Os documentos originais devem ser devidamente legalizados. ( Tradutor juramentado)

Acompanhado, se for o caso, de uma cópia autenticada de sua tradução oficial correspondente para o espanhol.

A candidatura deve ser submetida mediante registo e deve ser acompanhada da seguinte documentação:

Documentos mínimos necessários

  • Diploma (legalizado/apostilado e traduzido);
  • Histórico escolar (legalizado/apostilado e traduzido);
  • Ementas das disciplinas cursadas;
  • Exame DELE B2.

A candidatura deve ser submetida mediante registo e deve ser acompanhada da seguinte documentação:

  • Documento que comprove a identidade e nacionalidade do requerente, emitido pelas autoridades competentes do país de origem ou proveniência ou pelas autoridades espanholas competentes em matéria de imigração. No caso de cidadãos espanhóis, fotocópia autenticada do documento de identidade nacional ou autorização para verificar os dados de identidade em poder da Administração.
  • Certificação académica dos estudos efectuados para a obtenção do grau, que inclui, entre outros, a duração oficial em anos lectivos do plano de estudos seguido, as disciplinas cursadas e a carga horária total de cada uma expressa em horas ou em créditos ECTS (europeu ) e, se for caso disso, a tradução oficial correspondente.
  • Comprovante de pagamento da taxa 107
  • Acreditação da competência linguística necessária ao exercício em Espanha da correspondente profissão regulamentada ( DELE B2)

Las autoridades competentes para la compulsa de las fotocopias de los documentos son:

Depois de tudo feito você deve reunir todos os documentos e preencher o formulário anexando os documentos e pagar a taxa.

DICA: Envie todos os documentos juntos, ou seja título, documentos e o DELE, assim o processo será mais rápido.

Boa sorte, espero ter ajudado

Fonte: Ministério de universidades

Por favor faça comentários

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *