Quando cheguei aqui na Espanha, estranhei muito a diferença e tradições neste dia, o ano novo em concreto, comparado ao Brasil.  A tal comparação que nos acompanha inicialmente.

O mais significativo inicialmente foi a temperatura, faz muito frio por aqui, claro, estamos em pleno inverno e logicamente não tem praia nem a temperatura em todos os lugares. Sofri e confesso que sempre é “raro” passar o ano novo no frio sem saltar as ondas ou estar de branco

O costume é  jantar em família ou com amigos e na hora da virada comer uvas com a campanadas da Puerta del Sol vendo televisão desde casa, brindar com espumante e trocar beijos e abraços.  

Claro que tem milhares de pessoas que se atrevem e passam a virada do ano na Puerta del Sol, digamos que são uns grandes valentes 🙂

Dos 14 anos que estou aqui, o único que vi igual em todas as casas são as uvas. Cada região tem seus costumes, mas as uvas são a “estrela” da noite. 

Comemos  12 uvas que representam 1 uva por cada mês do ano. 

A origem remonta a 1909, quando, pelo excedente de produção, os produtores de vinho deram uvas aos cidadãos e espalharam a ideia de que comê-los traria fortuna para o novo ano.

Cada campanada do sino da Puerta do Sol é uma uva para dentro da boca 🙂

A estrela da noite: as uvas.

Prato típico de ao nova na Espanha

Os espanhóis se despedem do ano com um banquete abundante e suculento. Durante este jantar, eles cumprem o estereótipo segundo o qual são muito exagerados, seguindo a ideia de que quanto mais, melhor.

O leitão, o peru e o cordeiro assado são clássicos, além do pargo assado e do pinhão com pinhões. Como aperitivo, não faltam camarões ou salmão defumado, jamón serrano

Em cada região, adicionam produtos locais, como aspargos em Navarra, empanada e caranguejo na Galiza, bacalhau no País Basco ou canelones e caponones na Catalunha, o marisco é forte em muitas regiões na noite de ano novo.

Com as sobremesas, vêm inúmeras bandejas de doces de Natal, como maçapão, polvorones e “turrones”.

Não  pode faltar o vinho e o champán para brindar. Claro são grandes produtores de ambas bebidas.

Mas então o que a galera faz?

Os jovens vão para as discotecas com sua peruca, óculos estilo “carnaval” compram seus “cotillón” e se divertem, normalmente  são barras livres, bebidas a vontade até às 6h da manhã

E finalizam a jornada comem churros com chocolate.

Feliz ano novo, para você que está na Espanha ou em qualquer lugar no mundo!


Por favor faça comentários

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *